O Bairro de Santos vai ter um mercado 2.0

image

Os mercados municipais são um dos pontos nevrálgicos da vida dos bairros. E agora é o Bairro de Santos, nas Avenidas Novas, que vai ter um mercado 2.0. 

Tornar os mercados pólos centrais e dinamizadores da vida dos bairros e da cidade é um dos objectivos do Plano Municipal dos Mercados de Lisboa 2016-2020. Agora foi o Mercado do Bairro de Santos, na Rua Cardeal Mercier, que viu aprovada a proposta para um contrato de concessão por 15 anos, mas relativo apenas a uma parte do equipamento.

Na corrida do concurso internacional estavam dois participantes e o escolhido foi o Dia Portugal Supermercados. Irá ocupar uma área do mercado, funcionando como uma espécie de âncora deste espaço inaugurado em 1989, enquanto os comerciantes que ali trabalham actualmente serão relocalizados dentro do edifício. Nos últimos anos, o Mercado do Bairro de Santos tem apresentado um índice de ocupação baixo, a beliscar os 35%.

Durante a apresentação do projecto, Duarte Cordeiro, vice-presidente da Câmara Municipal de Lisboa (CML), revelou a expectativa para que este bairro se torne num “elemento que faça ligação à recuperação da Praça de Espanha”, que será transformada, “num grande jardim público”. O exterior do mercado também será recuperado com o objectivo de se tornar um ponto de convívio, com a ajuda da instalação de um quiosque com esplanada.

Acabamos com fun facts: o primeiro mercado de Lisboa foi o de Santa Clara, inaugurado em 1877. Actualmente existem 26 mercados municipais por todo o concelho. O objectivo é que se adaptem a uma Lisboa mais moderna e fiquem novamente lotados de clientes, comerciantes e pregões.

Fonte: Time Out Lisboa

Anúncios