MAAT na corrida para World Building of the Year 2017

Desde a primeira edição, em 2008, o World Architecture Festival (WAF) tem-nos apresentado os projetos arquitectónicos mais ambiciosos e impressionantes do mundo. O prémio World Building Of The Year, atribuído por esta academia, tem vindo a mostrar-se um dos prémios com mais prestígio na área.

Segundo a CNN, o museu português MAAT– Museu da Arte, Arquitetura e Tecnologia, aberto desde o ano passado e criado pelo ateliê da britânica Amanda Levette, faz parte da lista de nomeados deste ano. Devido à forma como se conseguiu introduzir de maneira harmoniosa numa zona urbana, o MAAT representa uma revolução arquitetónica cada vez mais preocupada com o impacto do aquecimento global.

World Building Of The Year divide-se em 18 categorias: saúde, desporto, hotéis, residências, escritórios ou cultura. O MAAT está inserido na categoria cultura e concorre ao lado de projetos como o Waterfront Theatre, em Auckland, na Nova Zelândia ou o Museu das Artes, em Nantes, França. No total, há cerca de 51 edifícios e projetos diferentes de várias partes do mundo a participar no prémio final desta edição.

Os vencedores vão ser anunciados durante o Festival, de 15 a 12 de novembro deste ano.

Confira a galeria com os concorrentes do nosso MAAT. 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios