A cidade com mais dinamismo cultural da Europa? Lisboa, claro!

Após ter sido Capital Europeia da Cultura, em 1994, Lisboa surge em lugar de destaque no novo “Observatório das Cidades Culturais e Criativas”, apresentado pela Comissão Europeia, que elege a capital portuguesa como a cidade europeia da sua dimensão com mais “dinamismo cultural”.

Esta ferramenta foi construída em torno de três principais índices:“dinamismo cultural”, “economia criativa” e “ambiente propício”. São organizados em nove dimensões e medidos por meio de 29 indicadores, que vão desde o número de museus e de salas de concertos, ao emprego nos setores culturais e criativos.

Na categoria XL (500 mil a 1 milhão de habitantes), num total de 34 cidades a concurso,  Lisboa ficou melhor classificada do que capitais europeias como Estocolmo e Dublin, como se pode verificar nos dados. Considerando apenas o indicativo “dinamismo cultural”, Lisboa está em primeiro lugar na classificação. 

Captura-de-ecrã-2017-07-10,-às-12.49.38

fig. 1 Ranking XL Observatório das Cidades Culturais e Criativas

Dinamismo cultural: mede a vitalidade cultural de uma cidade à luz das infraestruturas culturais e da participação na cultura.

Economia criativa: reflete a forma como os setores culturais e criativos contribuem para a vertente do emprego, a criação de postos de trabalho e a capacidade de inovação.

Ambiente propício: identifica os ativos corpóreos e incorpóreos que ajudam as cidades a atrair talentos criativos e a estimular o empenho cultural.

De Portugal foram selecionadas quatro cidades: três antigas Capitais Europeias da Cultura, Lisboa, Porto e Guimarães, e uma cidade que já tenha acolhido pelo menos dois festivais culturais internacionais, no caso, Coimbra.

Este Observatório destaca que, desde 1994, quando foi Capital Europeia da Cultura, Lisboa acolheu diversos eventos (como a Expo’98 e o Euro2004), que levaram ao grande desenvolvimento de atividades e infraestruturas culturais.

Nas restantes categorias, com base no número de habitantes, foram destacadas cidades como Paris, França (categoria XXL), Edimburgo, Escócia (categoria L) e Eindhoven, Holanda (categoria S-M).

Confira o estudo aqui.

1

Anúncios