Empresa lusa conquista o mais antigo prémio mundial de Design

A empresa portuguesa OLI conquistou o ‘Good Design’, o mais antigo e prestigiado prémio internacional de Design, organizado pelo Museu de Arte Moderna de Nova Iorque e o Ateneu de Chicago, nos Estados Unidos da América.

A solução premiada ‘Glassy’ é uma placa de comando de autoclismos interiores auto-sustentável. Incorpora a tecnologia ‘Hidroboost’, que armazena a energia gerada pela entrada da água no autoclismo para a aplicar na activação da descarga, dispensando uma fonte de energia eléctrica ou de pilhas.

Para além de auto-sustentável em termos energéticos, a ‘Glassy’ aumenta os níveis de higiene e de segurança, graças ao accionamento ‘no touch’ (não necessita de toque). A aproximação à placa é suficiente para os sensores capacitivos accionarem a descarga de água do autoclismo.

A ‘Glassy’ é uma peça única em vidro, com design minimalista, disponível em preto e branco brilho.

Esta inovação premiada é o resultado da estratégia de inovação da OLI para acrescentar valor aos sistemas de instalação sanitária, através da incorporação de novas tecnologias e design. Nos últimos cinco anos, a empresa investiu 10 milhões de euros em Investigação e Desenvolvimento e, nos últimos três, surgiu no topo das empresas em Portugal que mais patenteiam na Europa. Actualmente, tem 45 patentes activas.

Esta distinção internacional junta-se ao recente prémio “Archiproducts Design Awards 2016” que a OLI venceu com a placa de comando ‘Trumpet’, desenhada por Álvaro Siza Vieira, arquitecto Prémio Pritzker 1992.

 

Fonte: diarioimobiliario.pt

Anúncios