Portugueses voltam a entrar na corrida ao imobiliário de luxo

 

Detentora do Pine Cliffs Resort no Algarve e do Sheraton  Cascais Resort, a United Investments Portugal, aposta no imobiliário de luxo em Portugal. O aumento das vendas de imobiliário e na facturação hoteleira, são razões que contribuem para a continuação no investimento no nosso país. Amanhã é inaugurada uma nova área no Pine Cliffs – a Luxury Collection Resort – que incluiu a renovação total do hotel, que se encontra situado no coração do resort, e ainda a criação de 76 novos apartamentos de luxo, as Pine Cliffs Ocean Suites.

Carlos Leal, director-geral da United Investments Portugal, em entrevista ao Diário Imobiliário revela que as expectativas são elevadas quanto ao sucesso na comercialização, sobretudo quando os portugueses voltaram a entrar na corrida ao imobiliário de luxo.

Diz-se que Portugal está na moda, será por isso que o mercado imobiliário de luxo tem crescido significativamente nos últimos tempos?

É um facto que Portugal está na moda em termos turísticos, o que naturalmente tem influenciado o crescimento do mercado imobiliário de luxo nos últimos tempos.

Em 2015 foi visível o aumento da procura pela compra de casas de férias em Portugal e num ano em que a libra valorizou em 30% o destaque foi para os ingleses. No entanto é importante realçar que se notou também um grande crescimento de vendas por parte dos portugueses que optaram por investir mais em propriedades.

Quais as mais-valias do nosso país para um investimento em imobiliário de luxo?

As vantagens do investimento imobiliário de luxo em Portugal são inúmeras. Desde o meio envolvente do nosso país, como o clima, a diversidade da paisagem e/ou a riqueza patrimonial. A acessibilidade com as ligações aéreas diárias e aos principais aeroportos mundiais, excelentes infraestruturas rodoviárias e o terminal de cruzeiros em Lisboa, e marinas e portos de recreio ao longo de toda a costa.

Outro factor muito importante é a tranquilidade e a segurança que Portugal oferece com um dos mais baixos níveis de criminalidade da Europa. O nosso país é um dos mais seguros do mundo e oferece também uma estabilidade económica e fiscalidade vantajosa com procedimentos descomplicados e uma total transparência no processo de compra para investidores estrangeiros.

Por tudo isto, em conjunto com o “bem receber do povo português”, Portugal apresenta oportunidades imobiliárias num momento muito favorável do mercado: é a “Soma de um todo”:

– Destino de férias de grande atractividade turística, dinamizando os mercados, tanto de arrendamento sazonal como de aquisição de segunda residência,

– Grande potencial de rentabilização do investimento para arrendamento, quer em localizações de praia, quer na capital.

A conjugação de todos estes factores proporciona uma qualidade de vida e uma tranquilidade que posicionam Portugal como uma das primeiras escolhas para residência permanente ou de férias.

De que forma a United Investments Portugal tem beneficiado com este novo impulso no mercado?

A United Investments Portugal tem tirado partido deste impulso nomeadamente com a aposta na Quinta da Marinha onde, em Fevereiro, abrimos o Sheraton Cascais Resort que resultou da aquisição e reconversão do anterior hotel VivaMarinha. Podemos dizer que, em poucos meses de operação, a facturação já está 20% acima do ano passado prevendo-se no final de 2016 um crescimento de 40%. Este valor inclui a venda de residências que integram a unidade.

O mesmo se aplica ao Algarve com os investimentos sucessivos em melhorias no Pine Cliffs. No dia 2 de Julho inauguramos uma nova área – a Luxury Collection Resort – que incluiu a renovação total do hotel, que se encontra situado no coração do resort, e ainda a criação de 76 novos apartamentos de luxo, as Pine Cliffs Ocean Suites. Os trabalhos de renovação englobaram ainda todos os quartos, áreas públicas, restaurantes, bares e ainda um novo destination spa de assinatura com 1000m2, o Serenity, The Art of Well Being.

Quem compra? Que nacionalidades investem mais no nosso país?

Em Cascais assistimos a uma procura crescente por parte de franceses, ingleses, brasileiros e portugueses. No Algarve, os compradores são de várias nacionalidades, desde os ingleses, portugueses como também temos compradores de outras nacionalidades desde Franceses, Alemães, Holandeses, chineses, filipinos, indianos ou russos.

Qual o balanço em relação a vendas?

O balanço é muito positivo. É visível o aumento da procura em todos os segmentos, com o Pine Cliffs para quem procura comprar uma segunda casa de férias e investimento num dos melhor “mixed Use Resorts” da Europa e em Cascais já também com procura por primeiras residências.

Como se tem comportado o mercado imobiliário de luxo no Algarve?

Tem-se comportado bastante bem. A penúltima fase de desenvolvimento do Pine Cliffs – as Ocean Suites – com 76 apartamentos T2 e T3, cuja comercialização foi lançada em Abril do ano passado, já está vendido em mais de 85% e esperamos vender o resto até ao verão.

Quais as diferenças entre os mercados do Algarve e de Cascais?

Como mencionado anteriormente as diferenças centram-se sobretudo no facto de no Algarve ser um mercado mais de casas de férias e Investimento e em Cascais já acrescer também a procura por primeiras residências.

Perspectivas para 2016?

Este ano, a United Investments Portugal está focada na conclusão do projecto de remodelação do Pine Cliffs Resort, iniciado em novembro de 2014, e que é  Inaugurado no dia 2 de julho. Sendo que, neste momento, mais de 85% dos apartamentos, na vertente imobiliária, já estão vendidos.

Com esta renovação, o Pine Cliffs, a Luxury Collection Resort, reforça ainda mais o seu posicionamento como um dos resorts de luxo mais prestigiados e premiados da Europa, respondendo às necessidades dos clientes mais exigentes.

Para além da sua localização única, o resort disponibiliza uma vasta oferta de unidades de alojamento assim como várias opções exclusivas de lazer e lifestyle para toda a família, desde o nosso novo Serenity art of well being Spa, oferta de F&B com o restaurante ZEST, especializado em alimentação saudável” e uma extensa oferta de lojas, sempre guiadas pela excelência de uma unidade de cinco estrelas.

Qual a estratégia de expansão da empresa no mercado nacional?

A United Investments Portugal está focada, principalmente em acrescentar valor aos seus actuais produtos, o Sheraton Cascais Resort e o Pine Cliffs Resort. Também continuamos na fase de licenciamento do nosso projecto “Vale do Freixo, Golf & Country Estate, que iniciou em 2001 com a aquisição do terreno e que infelizmente, 15 anos depois, ainda não está licenciado, fruto do excesso de burocracia e constantes alterações e directivas dos vários governos.

Obviamente continuamos atentos aos mercados e às oportunidades que se propiciem em localizações com as quais nos identifiquemos e que tenham interesse, não só em Portugal mas também a nível internacional, em particular com a nossa marca hoteleira “Yotel”.

Fonte: Diário Imobiliário

Anúncios