13 piscinas para aguentar o calor de Lisboa

1. ALTIS BELÉM HOTEL & SPA
Lisboa
Subir até ao segundo andar do hotel Altis Belém pode também ser um bálsamo para a vista. Daqui vê-se o Tejo e, mesmo de dentro de água, pelo menos três pontos de referência: o Padrão dos Descobrimentos, a Torre de Belém e o Centro Cultural de Belém. Até o nome do bar que está próximo da piscina, 38º 41″, remete para as coordenadas geográficas que assinalaram a partida dos navegadores portugueses no século xv e o início do período dos Descobrimentos. Mesmo em dias soalheiros, é quase imperdoável abandonar o hotel sem passar pelo spa, o único em Portugal com assinatura da marca suíça Karin Herzog. É que o passe de acesso à piscina (30 euros) inclui a entrada neste espaço, que conta com sauna, banho turco e piscina exterior. Das 09h00 às 21h00, todos os dias, na época balnear.

2. Epic Sana Lisboa
Lisboa
Camas duplas ou individuais? À sombra ou ao sol? Junto à piscina ou mais próximo do bar? Quando se fala em descansar no rooftop do Epic Sana Lisboa, há muito por onde escolher. O 9º andar deste hotel «esconde» não só uma piscina com uma panorâmica a perder de vista como também o bar de terraço UpScale. Para quem não estiver alojado no hotel, o acesso custa 50 euros por dia e inclui toalha e, mediante a disponibilidade, um lugar ao sol (ou à sombra) nas espreguiçadeiras. A piscina de rebordo infinito dá a ideia de que se vai mergulhar na cidade a qualquer momento, e funciona entre as 08h00 e as 20h00. No UpScale dá tanto para tomar almoços ligeiros como para jantar, já que este continua aberto após o encerramento da piscina. Da carta, o chef Patrick Lefeuvre destaca o hambúrguer thai de salmão com pepino e maionese de estragão.

3. Espassus
Lisboa
A área da piscina não é das maiores, mas o preço está entre os mais acessíveis. E, para os moradores da freguesia de Carnide, só tem benefícios. As piscinas são duas, uma de 2,40 metros de profundidade máxima e outra menor, de formato hexagonal, para crianças. O acesso custa 4 euros para residentes (mediante apresentação do cartão de eleitor) e, para «visitantes», 6 euros para adultos (crianças e jovens: 2/3 euros, 4-12/13-17 anos; grátis até 4 anos). Os maiores de 55 anos recenseados em Carnide usufruem também de um preço especial: 2 euros. As duas piscinas funcionam apenas durante o verão, das 10h00 às 19h00, todos os dias, e contam com bar de apoio

4. Farol Design
Cascais
Aqui a água é salgada, nada-se em plena falésia de Cascais, avista-se as rochas, e não fossem as mordomias próprias de um hotel de cinco estrelas e a ausência de areia, podia até julgar-se estar na praia. Ela – a de Santa Marta – fica mesmo ao lado, mas num dia em que o corpo pede descanso e tranquilidade, a piscina do Farol Hotel pode ser uma boa opção. Os visitantes podem usufruir deste serviço, por 50 euros, e mergulhar das 09h00 às 20h00, de maio a setembro, com vista para o oceano Atlântico. A acompanhar a paisagem? Um gin ou um cocktail no Bar On the Rocks. O Wasabi Martini (que leva mesmo a dita «pasta» verde japonesa), por 8,50 euros, é uma escolha curiosa.

5. Holiday Inn Lisboa
Lisboa
É o descanso dos pais e faz a delícia dos filhos. Com pouco mais de um metro de altura, esta piscina family friendly dá nas vistas pelo seu formato octogonal. O terraço do Holiday Inn Lisboa destaca-se pelas vistas que oferece. Parque de Monsanto, a Ponte Vasco da Gama e, mesmo lá ao fundo, a serra da Arrábida. O acesso para não hóspedes custa 25 euros por dia e inclui 10 euros de consumo no bar da piscina. Os mergulhos podem começar às 09h00 e terminar já ao pôr do sol, pelas 21h00 – até outubro, se o tempo o permitir. A partir das 10h00, está disponível o serviço de bar, com refeições, batidos e, para os adultos, cocktails.

6. Hotel Arribas
Sintra
Os números são importantes quando se fala da piscina do Hotel Arribas. Em primeiro lugar, o comprimento: 100 metros. Depois, a temperatura da água: ainda que seja do mar, está habitualmente nos 24 graus. O hotel em si data de 1965 e foi remodelado no ano passado. A piscina funciona até 30 de setembro e os preços não ultrapassam os 10 euros. Em matéria de refeições, há duas opções ali à mão: o Arribas Caffé e o restaurante Arribas Terrace. O destaque vai para a açorda de camarão ou o peixe da nossa costa.

6. Hotel Arribas
Sintra
Os números são importantes quando se fala da piscina do Hotel Arribas. Em primeiro lugar, o comprimento: 100 metros. Depois, a temperatura da água: ainda que seja do mar, está habitualmente nos 24 graus. O hotel em si data de 1965 e foi remodelado no ano passado. A piscina funciona até 30 de setembro e os preços não ultrapassam os 10 euros. Em matéria de refeições, há duas opções ali à mão: o Arribas Caffé e o restaurante Arribas Terrace. O destaque vai para a açorda de camarão ou o peixe da nossa costa.

7. NH Liberdade
Lisboa
Os terraços continuam na moda na capital e o NH Liberdade aproveitou o seu na perfeição. Subir ao 11º andar deste hotel no coração da cidade é ter Lisboa a seus pés. Ao longe, do lado esquerdo, avista- -se o Castelo de São Jorge e, mesmo em frente, o rio Tejo. É uma vista de 360 graus, a que se vê da piscina, também graças aos painéis de vidro transparentes, que substituíram os antigos muros deste terraço. Não é muito grande, mas tem o tamanho certo para refrescar as ideias e o corpo, de maio a outubro, das 11h00 às 23h00. Mediante um pagamento diário de 25 euros tem-se acesso à piscina, bem como às espreguiçadeiras que ocupam a área de relva artificial. O Bar Ático, mesmo ao lado, serve várias saladas, pratos e sanduíches, a preços entre os 9 e os 12 euros. A carta de cocktails leva a assinatura de Diego Cabrera (o barman, não o futebolista) e tem uma boa variedade de gin. Quem resistir até às 19h00, pode ir ficando: todos os dias, ao cair da noite, há festas soulset.

8. Olaias Club
Lisboa
Os acionistas, sócios e praticantes de modalidades são os principais utilizadores desta piscina exterior, bem como os hóspedes do vizinho Altis Park Hotel. Mas, no verão, o Olaias Club abre uma exceção para as famílias poderem usufruir de uns dias de descanso e de saltos para a água. O cartão de época, válido até setembro, custa 320 euros e dá acesso às instalações em qualquer dia da semana. A este passe podem ser associados familiares a preços especiais (desconto de 50% para segundo adulto, 75% para filhos). A entrada é gratuita para crianças até aos 6 anos, quando acompanhadas por um adulto. Os bilhetes diários custam 10 euros durante a semana e 15 aos sábados e domingos. Nos dias úteis, entre as 14h30 e as 19h00, pode ainda nadar-se com tarifa de meio dia – 6 euros, já com direito a cadeira, espreguiçadeira e colchão. O Olaias Club conta também com um bar/restaurante/esplanada, o Docinhos da Cléu. A proprietária (a Cléu, nem mais) é famosa na zona pelos seus doces, mas serve também saladas, pratos quentes, sanduíches e sumos naturais.

9. Piscina Oceânica Alberto Romano
Cascais
Fica em pleno paredão. Mas a localização não é o único ponto a favor desta piscina que tem cerca de 50 metros de comprimento. Fica mesmo junto à estação de comboios e ao Palácio Palmela e é ideal para arrefecer os dias quentes de verão a quem deseja uma opção mais em conta, já que o acesso é gratuito. Quanto ao nome foi «herdado» de um antigo presidente da Junta de Turismo do Estoril. Tem bar/ /restaurante de apoio, com esplanada e vista para os banhistas que não resistem à piscina oceânica.

10. Piscina Oceânica Alberto Romano
Cascais
Fica em pleno paredão. Mas a localização não é o único ponto a favor desta piscina que tem cerca de 50 metros de comprimento. Fica mesmo junto à estação de comboios e ao Palácio Palmela e é ideal para arrefecer os dias quentes de verão a quem deseja uma opção mais em conta, já que o acesso é gratuito. Quanto ao nome foi «herdado» de um antigo presidente da Junta de Turismo do Estoril. Tem bar/ /restaurante de apoio, com esplanada e vista para os banhistas que não resistem à piscina oceânica.

11. Piscina Oceânica em Oeiras
Oeiras
É uma das mais conhecidas da Grande Lisboa e faz jus à reputação. São dois planos de água, alimentados a partir do mar. A piscina é também famosa pela sua plataforma de saltos. São quatro pranchas – de 1, 3, 5 e 7,5 metros – , mas algumas podem ser encerradas pelos nadadores-salvadores, por razões de segurança. As modalidades de acesso são várias e os preços diferem de agosto para setembro, tal como os horários. Durante o próximo mês, os adultos pagam 11,90 euros nos dias úteis para poder mergulhar das 09h30 às 20h00, enquanto aos jovens e seniores é cobrada uma entrada de 7 euros e às crianças dos 4 aos 12 anos de 5,90 euros. Aos fins de semana e feriados, os preços sobem ligeiramente. É possível frequentar a piscina apenas durante meio dia (das 09h30 às 15h00 ou das 15h00 às 20h00) ou apenas no final do dia (das 18h00 às 20h00). Há ainda opções mais em conta para famílias e pacotes de bilhetes.

12. Piscina Sintra Sol
Sintra
Faz parte do empreendimento Sintra Sol, sendo também conhecida como Piscina da Praia das Maçãs. Apesar de se destinar aos hóspedes da unidade hoteleira, o complexo abre, todos os anos, de junho a 15 de setembro, ao público em geral. Tem duas piscinas, abastecidas por água salgada e viradas para o Atlântico, uma das quais com dimensões olímpicas e zona de saltos. A outra, mais pequena, destina-se às crianças e tem três escorregas. Nos dias úteis, o valor de entrada para maiores de 10 anos é de 9,50 euros pelo dia inteiro (5 euros para o final de dia, a partir das 16h00). Para as crianças dos 3 aos 10 anos, os preços rondam a metade. Aos fins de semana, levam um acréscimo de 1 euro. Os valores de entrada incluem apenas o uso da piscina e balneários e não contemplam lugares de chapéu de sol ou espreguiçadeiras. Existem ainda dois bares de apoio, que servem bebidas e gelados, assim como um snack-bar.

13. Sheraton Lisboa Hotel & SPA
Lisboa
Tem 26 andares, é o edifício mais alto da cidade, mas não é preciso subir até ao topo para dar umas braçadas. A piscina do Sharton Lisboa Hotel & Spa fica logo no primeiro piso. Atravessa-se o Spirito Spa para lá chegar, e o circuito de águas, sala de relaxamento e fitness estão incluídos no preço (25 euros por pessoa). No exterior estão as espreguiçadeiras e as toalhas já a postos. A piscina está aberta todo o ano, das 07h00 às 22h00, só não se pode dar mergulhos. À saída, o Spirito Bar tem várias opções como o carpaccio de ananás com agrião e camarão com azeite de frutos vermelhos (17 euros). Depois de um dia livre de stress, nada melhor do que subir até ao último andar para ver a incrível vista que o bar do 26º piso oferece.

Fonte:evasoes.pt

Anúncios