Guia dos Azulejos de Lisboa

Enquanto no resto da Europa pintava-se em tela, muitos artistas em Portugal pintavam em azulejos. A rica cultura iconográfica da azulejaria portuguesa anda a par da grande pintura em tela, sendo os temas semelhantes (na sua maioria temas sagrados), mas também revelando influências das artes chinesa e indiana, e da pintura flamenga.
A arte do azulejo teve origem na Pérsia e espalhou-se pelo mundo árabe e Península Ibérica, mas foi em Portugal que realmente evoluiu. A azulejaria é a arte nacional, e em nenhuma outra parte do mundo alcançou uma qualidade tão excecional e uma maior variedade de aplicações. Com padrões geométricos ou imagens históricas, os azulejos decoram a maioria das ruas do país, desde as casas mais humildes aos palacetes.
Em Lisboa é possível admirar-se uma grande variedade de painéis nas ruas, sobretudo em Alfama, onde muitos param para admirar uma variedade de estilos, do barroco à Art Nouveau, em fachadas dos séculos XVIII e XIX, com painéis agora infelizmente danificados ou incompletos.
Os azulejos também decoram a maioria das estações do Metro de Lisboa, que são verdadeiras galerias de azulejos contemporâneos. Alguns dos melhores exemplos encontram-se na Estação do Oriente, que inclui obras de artistas nacionais e estrangeiros.
Eis dez sítios onde pode admirar o melhor da azulejaria em Lisboa

1. Museu Nacional do Azulejo

mnazulejo

 

2. Palácio dos Marqueses de Fronteira

palacio marqueses fronteira

 

3. Mosteiro de São Vicente de Fora

tumblr_nqbkmwRV941rlxq39o1_1280.jpg

 

 

4. Fábrica Sant’Anna

2ab36f78-bc6e-4aad-ad10-4effd2ccfb51

 

5. Fábrica Viúva Lamego

viuvalamego

 

6. Convento dos Cardaes

convento cardaes.jpg

 

7. Palácio Nacional de Sintra

palacio-nacional-de-sintra.jpg

 

8. Palácio Pimenta

palacio pimenta.jpg

 

9. Palácio Nacional de Queluz

palacio-de-queluz-gran-canal-puente

 

10. As Lojas

DOrey_2014_0200

 

Fonte: Lisbon Lux

Anúncios